Parece que seu navegador está desatualizado.

Para a sua comodidade e segurança é importante manter seu navegador sempre atualizado com as versões mais recentes. Selecione abaixo o navegador que você utiliza para atualizá-lo agora mesmo e visualizar o conteúdo deste site corretamente:

IE FIREFOX CHROME OPERA SAFARI
Acesso Cliente

Blog

Horta orgânica em apartamento Viver Bem

5 passos para criar uma horta orgânica em apartamento


Se você aprecia preparar um prato saboroso com as próprias mãos, muito provavelmente já pensou sobre o quanto seria prático e recompensador ter uma horta orgânica em apartamento. Afinal, os temperinhos, que são capazes de dar um toque especial aos alimentos, estariam frescos a todo o momento. 


A boa notícia é que existem formas de cultivar um espaço assim seguindo alguns passos simples. Quer conhecê-los? Listamos cada um deles neste artigo. 



1) ESCOLHA TEMPEROS E HORTALIÇAS DE FÁCIL CULTIVO

Horta orgânica em apartamento

Em pequenos espaços, como a varanda de um apartamento, vale selecionar itens que sejam fáceis de cultivar. Entre as boas opções estão: agrião, alface, beterraba, cebolinha, cenoura, coentro, hortelã, manjericão, manjerona, orégano, rúcula, salsinha e tomilho.



2) ANALISE O MELHOR LOCAL PARA INSTALAÇÃO DA HORTA

Basicamente, é preciso considerar o seguinte na hora de escolher o lugar que concentrará a horta orgânica em apartamento: 

. receber luz solar de cinco a seis horas por dia, de preferência o sol poente;  

. ficar protegido contra o vento

. ser um local de fácil acesso; 

. se o espaço for aberto, usar telas de sombrite para evitar o sol excessivo. 



3) ORGANIZE O CANTEIRO

Se você optar por cultivar diferentes espécies na horta orgânica em apartamento, é preciso estar atento à organização do canteiro. Uma das alternativas para fazer isso da maneira mais ordenada possível é utilizando vasos, tijolos ou garrafas pet, por exemplo. Esse cuidado ajuda muito para que você consiga ter controle sobre quais plantas estão em determinado local e conseguir cultivá-las de maneira distinta, conforme as orientações que cada uma precisa. 



4) PREPARE O LOCAL ONDE AS PLANTAS FICARÃO ARMAZENADAS